terça-feira, maio 03, 2005

O Melhor Dia do Ano!!!

Ele há quem espere todo o ano pelo dia do seu aniversário, outros que ansiosamente aguardam a noite de final de ano, mas no que diz respeito a dias especiais, eu aguardo pacientemente pelo dia da Espiga – o melhor dia do ano! Para quem não está a par do acontecimento, este é o feriado municipal de alguns dos concelhos do nosso país, entre os quais o que alberga a freguesia onde resido ( não, não temos o Santo António, mas… para quê? A noite de Santo António, em comparação com a da Espiga, é brincadeira de meninos… ), tem lugar 40 dias depois da Páscoa, e é sempre sinónimo de festa rija!!!

A celebração tem lugar na praia da Foz do Lizandro, e se as gerações mais velhas aproveitam o feriado de 5ª feira para grandes churrascadas ( sempre bem regadas ), os mais novos dão início aos festejos logo na 4ª feira á tarde, prolongando a festa durante a noite e na manhã de 5ª feira - nós, os mais duros e mais Old School, conseguimos estender a batalha até á hora de jantar de 5ª feira, mas isso não é todos os anos e não está ao alcance de todos, requer mesmo muitos anos de combate, muitas noites Espiga!

Mas onde reside o encanto desta noite? Á partida, pode parecer apenas mais uma noite de copos, só que desta feita passada na praia, á volta da fogueira e com a banda sonora a ser bombeada dos carros. Certo? Errado! A Espiga é tudo isso e muito mais. Além de tudo o que referi, das guitarradas á fogueira, da cerveja sempre fresca e de um grelhador sempre acesso, que providência alimento non-stop noite e dia, o segredo da Espiga está na forma fraterna, aberta e generosa que esta celebração assume. A partilha entre todos os presentes ( e estou a falar de centenas de pessoas! ) é um dado adquirido e genuína, os bens são oferecidos e trocados, na onda do “vou beber aqui uma mini das vossas, depois passem na minha tenda para comerem uma febra” - ao contrário dos afamados Santos, que perderam o encanto da festa popular para se transformarem em mais uma noite de negócio a preços exagerados, onde se precisa de pedir 30 vezes licença para conseguir avançar 5 metros.

Foram já feitas algumas tentativas de ”comercializar” a Espiga – palcos com concertos pimba, raves e até uma tenda gigante que deveria ter funcionado como bar! Mas todos estes disparates foram ignorados e /ou boicotados pelos presentes, pois a Espiga não é um negócio, e no que depender de “nós” ( falo por muitos, sei que sim! ) nunca será. É uma tradição, uma festa com anos e anos de historial, preservada de geração em geração. Espero, sinceramente, que as gerações futuras não deixem que a tradição se perca ou se estrague, pois certas tradições devem ser mantidas tal como são e foram.

Este ano, ao contrário do que é habitual, não temos direito a assistir, no “Café da Rotunda”, a uma final europeia ( há Milan vs PSV, menos mal…), uma tradição mais recente e mais restrita, mas não creio que isso vá prejudicar de algum modo a noite de festa que se aproxima. Devido a este feriado, o Mini Sagres vai entrar num curto período de férias, mas na próxima 2ª feira estamos de volta para relatar as peripécias da mais longa noite do ano ( e há sempre algo para contar, podem acreditar!!! ) Quero que todos, mesmo todos, se sintam convidados a aparecer, com a certeza de que serão bem recebidos e bem-vindos – quanto mais gente, melhor! Estamos no sítio do costume…

Boa Espiga e bom fds!

Comments:
a unica altura do ano em q ponho de lado a super bock p arrebentar c minis em larga escala!!!
 
Não estou a perceber...
Se ainda hoje é terça, e a espiga é amanhã à noite e quinta (porque supomos que o autor é dos que aguentam até quinta) não percebo:
1 - que é feito do dia de trabalho de amanhã?
2 - que é feito do dia de trabalho de sexta?
(Nem vou perguntar que é feito do fim de semana que isso já sabemos...)
Será que a espiga já inclui um dia inteiro de estágio intenso e outro dia inteiro de descanso merecido?
Seja como for, espero que se divirtam todos... Boa Espiga!!!
 
è desta que vou!
 
Faço minhas as palavras do Minisagres. Este é o post definitivo sobre a Espiga. Eu nem sequer vou além da rotunda. Porque já dizia o ditado q inventei agora:"Para lá da rotunda é que a tradição de Espiga se afunda."

Um grande bem haja para todos que, como eu, vão estar no convívio. Merda para todos os que tiverem nos bares.
 
boa espiga :)
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Click Here