terça-feira, fevereiro 15, 2005

Agenda Cultural

Depois de um 2004 fraco de concertos ( ok, até pode ter sido um bom ano, mas só para a malta mais mainstream e mais indinheirada, aqui para estas bandas evitam-se concertos sobrelotados e com ingressos de valor superior a 25€, mesmo sendo os mesmos no formato festival ), onde, pela primeira vez nos últimos 13 anos, não fui a qualquer show, este ano de 2005 ( já contabilizando a excelente prestação da No Smoking Orchestra no mês passado! ) começa muito, muito bem!

No primeiro dia de Super Bock temos a presença dos System of a Down e dos Audioslave, mas contra o poderio das bandas joga o preço do bilhete ( 38€ ), o local do evento ( Parque Tejo ), o facto de serem bandas repetentes no nosso país e de não terem material novo,e ainda a barracada que foi o úlltimo Super Bock, em termos de organização ( desde uma deficiente colocação do palco á escassez de barraquinhas a vender cerveja ). Não é a melhor das apostas, mas não deixam de ser duas bandas bastante apetecíveis. Ah, e acho que os Manson também vão aparecer por aí, mas o recado acerca deste é copy paste do das linhas acima. Fica a sugestão para as gerações mais novas.

A 21 de Maio, no lindíssimo Coliseu dos Recreios, Jack Johnson vai pela primeira vez actuar em solo nacional, após ter cancelado ( á última da hora ) a participação no concerto de Ben Harper, que decorreu no Pavilhão Atlântico. Serão já apresentados temas do novo album, prestes a sair, de nome In Between Dreams. É uma onda acústica e tranquila, e é um concerto com certificado de garantia, pois este senhor, além de ser o afilhado de Ben Harper, já se fez acompanhar pela secção rítmica dos extintos Sublime- mais palavras para quê? Quem conhece o trabalho de Jack Johnson, sabe que os 20€ do bilhete serão muitísimo bem empregues. Para quem não conhece, fica a informação de que os bilhetes para a plateia estão quase esgotados, o que quer dizer alguma coisa, certo? Posso afiançar que serão umas horas bem passadas nessa noite, que quem for não se irá arrepender de certeza.

Jack Johnson

Para a turma do Hardcore, no Paradise Garage, já no final deste mês, o ataque sonoro vai ser efectuado pelos velhinhos Agnostic Front e pelos também velhinhos Exploited. Concerto para homens de barba rija, nada recomendado a meninos- a não ser que saibam bem o que vos espera, e mesmo assim... Aposto que vai haver batalha campal durante o Slam e o Pogo, neste concerto Old School, no qual eu, como qualquer outra pessoa com amor á própria pele, não vou meter os pés!

No Use for a Name

a finalizar ( e este vou anunciar a fazer uma vénia ), temos o regresso da Deconstruction Tour a Portugal, que este ano vai ter como cabeças de cartaz No Use For a Name, Strung Out e Only Crime ( para os menos informados, estes senhores são formados, entre outros, por elementos dos Descendents e dos Good Riddance ). A estas bandas juntam-se outras 5 já confirmadas, das quais destaco a presença lusa dos Aside – só espero que não me metam lá os Fonzie ou os Tara Perdida outra vez, é que, sinceramente, já enjoa levar sempre com estes gajos! As festividades terão início pelas 16h, no pavilhão Acácio Rosa ( acho que se chama assim, é o do Belenenses! ), e pelas esperadas 8h de festa a organização apenas cobra uns míseros 22€ ( mais barato só oferecido! ). Ah, isto é no Domingo, dia 15 de Maio! Para todos estes concertos, os bilhetes estão á venda nos locais habituais!

Comments:
É sempre a partir fininho!! Maior temos que comprar os tickets po restelo o quanto antes.. Eu encarrego-me da secção de fumos.
 
Tenho a informar que exploited é no garage a 5 de março, enquanto que os agnostic front, no mesmo local, tocam a 23/3. (Mac)
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Click Here