sexta-feira, setembro 17, 2004

Sold Out!!!

"I'm not a trendy asshole
I do what I want, I do what I feel like
I'm not a trendy asshole
I don't give a fuck if it's good enough for you...Cause I'm alive!"

Este é o refrão da musica "Smash", a última do album com o mesmo nome, editado em 1994 (se a memória não me falha) pelos Offspring, aquele que é ainda hoje o album mais vendido no mundo, lançado por uma editora independente. Era o terceiro cd da banda, que a par de "Dookie" dos Green Day, foi um dos grandes sucessos do ano (há quem diga que estes albuns relançaram o punk, mas isso são opiniões...). E as coisas mudaram a partir dessa altura...

Sou da opinião que as pessoas tem que fazer algo pra sobreviver (ou para viver, como queiram), pois pertenço ao grupo daqueles que fazem o que não gostam pra ter dinheiro na mão no final do mês. O que não implica que vá vender a "alma ao diabo" pra viver melhor, existem valores e princípios dos quais as pessoas não devem abdicar, a bem da sua integridade. Quanto a mim, os Offspring perderam esses valores, ficaram deslumbrados com tanta nota. Certo? Errado? Só podemos especular acerca do assunto.

Os Offspring eram quase um valor do punk, uma banda promissora, apesar de desconhecidos na europa. Optaram por uma major a seguir a "Smash" para dar um melhor seguimento a sua carreira. So far, so good. Acho que fazer este tipo de coisas é normal, no fundo, tocar e gravar discos é uma profissão como outra qualquer. Foi uma opção feita por quem de direito, uma viragem pro-pop, uma piscadela de olho ao mainstream, que se aceita em qualquer banda do mundo. Mas quando se tomam este tipo de opções, existem certas consequências que são pra ser assumidas.

Não querendo ir para outras bandas de percurso similar (ou não, pois não sei se poderia encaixar os Metallica e mesmo os Bad Religion neste perfil, pois são bandas diferentes com motivações diferentes), vou apenas falar do caso Green Day/Offspring. Os meninos do Billie Joe também assinaram por uma major nesse ano, também encheram o cu de guito e fartaram-se de correr mundo, tudo graças ao sucesso de "Dookie". Mas ao contrário dos Dexter boys, os verdinhos continuaram a fazer as coisas como sempre as tinham feito.
Se pegarmos em "1000 Hours" ou em "Kerplunk" o som é igual ao de "Dookie" e ao dos seguintes albuns (ok, mudou um pouco em "Warning", mas isso foram 8 anos após o "Dookie",e o Billie Joe avisou, quem o quis ouvir, que o som estava diferente). Agora a diferença de "Smash" para os albuns seguintes é abismal! Não estou a defender a musica de uns em deterimento da de outros, estou apenas a falar de integridade. É que os Offspring confundem-se e confundem-nos, pois tão depressa são posers (discos, videos, concertos do mais comercial que existe), como tentam manter a atitude punk do início de carreira (o ultimo "golpe" de pretensa integridade foi a participação no album "Rock against Bush").
Há por ali falta de qualquer coisa. Carisma, carácter, integridade, personalidade, chamem-lhe o que quiserem, mas que ali falta algo, falta! Os Offspring querem os fãs, o guito e todas as comodidades proporcionadas pelo mainstream mas gostavam de manter a atitude e punk. Em que resulta isto? Em merda, claro! São neste momento uma caricatura de uma banda que um dia teve um futuro promissor. São uma piada comparável aos Spinal Tap...
Eu acredito que os dinaussauros vão mesmo morrer e que vou assistir a isso de poltrona. Acredito que este tipo de negócios com majors só é bom para alguns, pois para quem consome este tipo de musica, tudo isto não passa de uma fraude, visto que este tipo de musica é uma falsidade, sem alma ou coração. É um bocado de merda dentro de um embrulho bonito (e são tantas as bandas que encaixam perfeitamente neste prefil...), e por mais que certas pessoas possam dizer o contrário (conheço uns senhores que me vão bater por isto!), os Offspring não passam disso mesmo- SOLD OUT!!!
E assim se passou mais uma semana, agora é tempo de descanso! Parabéns ao meu GLORIOSO SLB, pela vitória frente ao Dukla Bans.. Best... Broc... aqueles outros gajos da Eslováquia, e que se repita em Coimbra! Have a nice weekend!

Comments:
E o mundo vai continuar a rodar independentemente de tudo isso, certo? Beijos....
 
As voltas que o mundo pode ou não dar depende de cada um, viva os blogs(por serem uma ditadura!)e a liberdade individual(que permite comentarios no blog, permite que os offspring ainda vendam discos e permite que eu nao goste e possa dizer mal deles!)
Acredito que a muita gente isto não faça confusão nenhuma, mas eu não sou muita gente, e a mim isto faz-me uma confusão do caraças!
 
Rabbit!!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Click Here