segunda-feira, setembro 13, 2004

11/09

Lembro-me perfeitamente do 11/09. Tava em casa a dormir, depois de mais uma noitada de final de verão, quando chega um amigo aos berros "Acorda! Acorda que os americanos estão a levar na boca!" Ainda meio a deriva (ando sempre meio a deriva, mas estava mais naquele momento), lá me levantei e fui até a sala, mesmo a tempo de ver o embate contra a segunda torre. Confesso que na altura do impacto fiquei de sorriso nos labios.

O sorriso passou a gargalhada quando as torres começaram a cair. Não sorri ou ri por crueldade ou por ser defensor da causa do islão, mas sim porque senti que os americanos estavam a receber com juros o pagamento de tudo o que fizeram durante anos e anos sem que nenhum outro país ou pessoa tivesse qualquer reacção. Como é obvio, a morte de milhares de inocentes não é algo que me agrade ou que aprove, sejam eles americanos, arabes ou de qualquer outro sitio. Não sou anti-americano, mas o imperialismo e algo que me chateia bastante.

Muita gente diz "coitadinhas das pessoas, não fizeram mal nenhum". É verdade, mas temos que nos lembrar da Guatemala, das Filipinas, do Irão, do Iraque, do Chile, da Argentina, do Kosovo, do Vietname e de todos os outros países, onde os americanos assassinaram milhões de inocentes
durante décadas, onde manipularam eleições, onde colocaram ditadores no poder porque lhes era conviniente, porque se acham donos do mundo. E disto ninguém fala.

É uma guerra de "maus" contra "maus", guerra de terroristas nos dois lados da questão, porque os bons desta guerra são todos aqueles inocentes que foram morrendo, assassinados por gente estupida, devido a causas com as quais não concordam ou nem conhecem.

Celebro sempre o 11/09 como se fosse um dia de festa. Não pelo que aconteceu em si, mas por ser o dia em que ficou provado que os States não são invencíveis ou intocáveis, por ter ficado explícito que são tão vulneráveis como qualquer outro país. Após a baia dos porcos e a Guerra do Vietname, esta foi mais uma lição dada aos americanos, e mudou o mundo, para melhor, espero eu. O 11/09 foi um aviso aos países ocidentais, para que se lembrem que não mandam em tudo e em todos. Cada um viveu esse dia a sua maneira e tirou as suas conclusões de tudo isto. Eu continuo a dizre que "quem avisa amigo é".


NEVER STOPS

I'm all right, Tell me you're all right? Almost there, Barely here...
I knew that this day would have to come, Wailing on the wall Watching giants fall
I know there's a message to receive Written in debris It's meaning's hard to see
The loss of innocence Means nothing in the new world
All our hands are red Everyone is guilty now
I'm all right... Tell me you're all right Stop my eyes ... Open wide

Another idiot glued to the box Frozen to the screen Scared to turn it off
Quiet shock gives way to righteousness Rattle on the bars Vengeance will be ours
Fanatics on their knees pray for a swift and just revenge
Become what they condemn Mirror image men

Hands across America, let's catch contact hysteria Our flag erects from broken homes
July 4 for evermore Colors of democracy Fly from every SUV
The Misspelled bumper sticker's here Where did all the honor students go?
Numbers on the news This time with familiar names This time on familiar ground
This reality in your back yard So the fences fall Will you redefine them all?
Will you choose shelter or empathy? The world we share has come too close
With borders blown from glass We collect stones and cast them

They say the party never stops But I know we cannot get off
Another idiot comes on the box Breathing privileged air Preaching to the fair
Rallying one muscle under god Leading on the cheer Leaning on their fears
The state of ignorance means nothing to the faithful God is with us now
They disregard the world beyond the wall

Joey Cape

Comments:
já que estamos numa de letras significativas....


"Pet" by A Perfect Circle

Don't fret precious I'm here, step away from the window
Go back to sleep

Lay your head down child
I won't let the boogeyman come

Counting bodies like sheep
To the rhythm of the war drums

Pay no mind to the rabble
Pay no mind to the rabble

Head down, go to sleep
To the rhythm of the war drums

Pay no mind what other voices say
They don't care about you, like I do, like I do
Safe from pain and truth and choice and other poison devils,
See, they don't give a fuck about you, like I do.

Just stay with me, safe and ignorant,
Go back to sleep
Go back to sleep

Lay your head down child
I won't let the boogeyman come
Count the bodies like sheep
To the rhythm of the war drums

Pay no mind to the rabble
Pay no mind to the rabble

Head down, go to sleep to the rhythm of the war drums

I'll be the one to protect you from
Your enemies and all your demons

I'll be the one to protect you from
A will to survive and a voice of reason

I'll be the one to protect you from
Your enemies and your choices son
They're one in the same
I must isolate you
Isolate and save you from yourself

Swayin to the rhythm of the new world order and
Count the bodies like sheep to the rhythm of the war drum

The boogeymen are coming
The boogeymen are coming

Keep your head down, go to sleep, to the rhythm of a war drum

Stay with me
Safe and ignorant
Just stay with me
Hold you and protect you from the other one
The evil ones
Don't love you son,
Go back to sleep
 
meu deus..o mundo tá perdido...
 
pois é. eu nao achei muita piada ao q aconteceu, nao porque goste da ideologia americana mas porque tambem me lembro do que aconteceu em madrid e que pode muito bem acontecer ca. nao tive pena dos americanos porque a maioria era entao a favor da guerra e foram eles que levaram a guerra ate si. tao cobardes sao uns como outros. para mim tudo se resolvia deixando eles matarem-se uns aos outros. os israelitas e os palestinianos. os arabes e os americanos. a dina e o Ze Gato. eles que se fodam. se repararem bem nao e so uma questao economica que leva as guerras. acabem com a religiao e acabam com 95% das guerras. os americanos e os russos fizeram guerra ao afeganistao. os afegaos gritam morte a todos os ocidentais ou nao muçulmanos. o que é que eu tenho a ver com eles? que se fodam todos. por mim fazia um muro a volta de israel e da palestina e metia la os americanos que fossem a favor da guerra mais o seu patriotismo e deixava que se matassem uns aos outros. a conta desta guerra, nos que nao temos nada a ver com isso sofremos as consequencias como o aumento do crude e o consequente aumento de tudo.
voltando ao 11/9 acho que a violencia nao se paga com violencia. nao e com atentados que vao fazer com que deixe de haver violencia no seu pais ou que vao conseguir instalar um ponto de vista(vejam o caso da ETA, que nunca vao conseguir a independencia para o pais basco), e nao vai ser com deitar torres abaixo que vao fazer com que os americanos deixem de se portar como donos do mundo. a america e um grande pais cheio de idiotas. corram com os americanos de la e ponham os portugueses la(mas com um governo holandes para fumarmos erva sem sermos presos) e vao ver o que e bom.
 
ccm cona cu e mamas
ccm cona cu e mamas
ccm cona cu e mamas
ccm cona cu e mamas.
uma letra com muito mais significado
gandes mata-ratos
 
estou de acrodo contigo especialmente nessa última citação acerca da erva..
 
o segredo está na massa..
 
vão ao blog " no blog" e "estavidaeumamaravilha"
 
bem... dizer o que? voces nao andam bem, eu passo um fds fora e é logo esta tourada. vamos lá a ter juizo. rs-acaba com a merda do petroleo, deixa a religiao em paz, porque muita gente ainda acredita no pai natal...
 
isto é que vai aqui uma ranbóia..se bebessem guiness isso já não acontecia. Aliás é o que eu vou fazer agora...
 
xo primos! nao tava a ver quem era mas agora ja sei!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?


Click Here